terça-feira, 2 de janeiro de 2018

JOSÉ LAMARCK, UMA REFERÊNCIA NA POLÍTICA E NO MUNDO JURÍDICO DE IMPERATRIZ


Em várias oportunidades o grande causídico José Lamarck foi meu advogado, me defendendo gratuitamente na Justiça nas diversas confusões que arrumei no exercício do meu mister de homem de imprensa nesses 30 anos de Imperatriz...

José Lamarck: *1938 - 2018+
Com tristeza me deparei ainda há pouco, ao dar uma passadinha pelo WhatsApp, da notícia da morte do advogado, professor e político José Lamarck de Andrade Lima, ocorrido na madrugada desta terça-feira, (02 de janeiro), na cidade de Barretos (SP). 

Segundo informou sua esposa, Dona Conceição de Maria, Lamarck não resistiu às complicações em decorrência de um câncer de pulmão, contra o qual lutava bravamente, desde Outubro de 2017. Faleceu no mesmo dia que iniciaria um dos tratamentos mais modernos para combater essa terrível enfermidade, sem dor ou angústia, como desejava. 


José Lamarck de Andrade Lima nasceu em Recife (PE), numa terça-feira, 09 de Janeiro de 1938, filho de José Lamartine de Andrade Lima e Maria Luiza Rocha de Andrade. Na Bahia, casou-se a 1ª vez com a Sra. Maria Amélia, com que teve 03 filhos: José Lamartine de Andrade Lima Neto, Luiz Rogerio Pinho de Andrade Lima e José Roberto Pinho de Andrade Lima.

Instalou-se em Imperatriz (MA), em Agosto de 1969, onde exerceu as mais diversas atividades até ser admitido no serviço público da Prefeitura Municipal de Imperatriz em 1979, onde iniciou sua experiência na gestão pública. 

Cursou Licenciatura em Estudos Sociais, na antiga Faculdade de Educação de Imperatriz (atual UEMASUL), e ao ser criado o Curso de Direito em Imperatriz, realizou exame vestibular, aprovado com destaque, participando da 1ª turma do Curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão em 1980, formando-se em 1986 como orador da turma, e exercendo a advocacia desde então.

Exerceu o cargo de Vereador de 1983 a 1992, em alguns pleitos eleito como vereador mais votado de Imperatriz. Presidiu a Câmara Municipal que elaborou a Lei Orgânica do Município de Imperatriz, em 1990, na qual trabalhou incansavelmente, no desejo de que fosse produzido o que houvesse de melhor para seus concidadãos. Após decidir não participar mais de candidatura própria, foi convidado para ser Procurador Jurídico da Câmara Municipal de Imperatriz desde 1993.

Além da dedicação à Política e à Advocacia, foi professor universitário do Curso de Direito na UFMA – Campus de Imperatriz e na FEST – Faculdade de Educação Santa Teresinha, onde exercia com alegria à docência. 



"Ele tinha prazer em transmitir seus conhecimentos a todos, fosse no espaço da sala de aula ou mesmo em uma conversa casual. Cumprimos o doloroso dever de informar esta notícia que nunca pensamos comunicar. Para nós, seus familiares, era considerado um gênio, intelectualmente brilhante, dotado de argúcia e oratória admiráveis. Era um homem simples, honesto, generoso, que nos deixou um legado enorme e o imenso orgulho de carregar seu nome", diz parte da nota assinada por dona Conceição.

Eu e José Lamarck

Em campos políticos opostos e na maioria das vezes também na forma de pensar ver o mundo, pois gostava de se auto-denominar de Direita, eu e José Lamarck fomos bons amigos de prosa, risos e debates políticos respeitosos, mas acalorados. Brincava quado assunto era ganhar dinheiro, se dizendo um capitalista e que só agia em seu interesse, mas, ao contrário, era um homem extremamente generoso. Em várias oportunidades o grande causídico José Lamarck foi meu advogado, me defendendo gratuitamente na Justiça nas diversas confusões que arrumei no exercício do meu mister de homem de imprensa nesses 30 anos de Imperatriz.

Diante desse momento doloroso só me resta guardar as boas lembranças de suas brincadeiras, agradecer a Deus pela honra de sua amizade e rogar para que o altíssimo conforte seus familiares, parentes e amigos. À dona Conceição e filhos minha solidariedade.

Vai Lamarck!  Saudades eternas!

Um comentário:

Marinalva Silva De Mercedes disse...

Vai na paz grande guerreiro jurídico! Deixa saudades! um legado de boas ações em nossa cidade um homem de caráter e dignidade! Lamentável!!