segunda-feira, 6 de novembro de 2017

RUA DA VALA, O CENÁRIO BISONHO DA VIOLÊNCIA POLICIAL DO GOVERNO COMUNISTA DO MARANHÃO

Polícia de Dino espanca e prende moradores que reivindicavam drenagem no bairro do João Paulo

Não dá para negar ou esconder! A TV Mirante flagrou cenas de extrema selvageria patrocinada contra manifestantes que reivindicavam, nesta manhã de segunda-feira, 6 de novembro, o início da prometida obra de drenagem da Rua da Vala, no bairro João Paulo.

O protesto acontecia na Avenida São Marçal, uma das principais vias de acesso ao João Paulo.

De repente, uma patrulha o Choque da PM chegou no local. PMs e manifestantes travaram uma discussão. Em seguida, exaltada, a guarnição dispersou a manifestação, utilizando spray de menta, tonfa (cassetete) e intimidação com arma letal.

Sete pessoas foram presas. A estudante e líder comunitária, Luciana Correa, foi algemada e jogada no "rabo" de um camburão em situação de grave violação dos direitos humanos.

A revolta dos moradores se deve ao fato de o governador Flávio Dino já ter adiado inúmeras vezes o início da obra.

Quem assistiu as imagens da ação da polícia, batendo e pretendo moradores que clamavam obra de saneamento, ficou revoltado com o governo Flávio Dino, que ao invés de aceitar o protesto e cumprir com a sua obrigação, "resolveu" a semana com o choque da PM. 

Realmente, o governo comunista é diferente!

Um comentário:

ALFREDO SANTA RITA disse...

Pobre povo do Maranhão, sai das amarras dos Sarney's e cai nas garras dos comunistas. Ontem, hoje e sempre os mesmos valores, princípios e ideais.