quinta-feira, 8 de maio de 2014

O JOGO BAIXO DO DESESPERADO EDINHO LOBÃO PODERÁ LHE TRAZER MUITOS PREJUÍZOS

Edinho Lobão
Diz um provérbio  popular que "quem fala muito dá bom dia a cavalo". Melhor ainda, diz o livro sagrado dos cristãos, a Bíblia: "o muito falar não faltará pecado, mas o que modera os seus lábios é prudentíssimo (Provérbios, 25-11)".
 
Cito esses dois provérbios para dizer que  as fanfarronices do pré-candidato Edinho Lobão podem lhe trazer sérias dificuldades.

Repercute negativamente para Lobão um desvario  praticado durante  uma entrevista uma rádio de  São Luís em que o pré-candidato do PMDB ofereceu dinheiro por denúncias contra o pré-candidato Flávio Dino (PCdoB). Uma proposta de corrupção aberta em uma rádio que é concessão pública e que por isso deve sofrer investigação  do  Ministério  Público.
 
 “Ofereço R$ 20 mil para quem trouxer os processos da Embratur, onde há claramente crime de má gestão, de roubo e furto”, afirmou em claro e bom tom.
Fora esta afirmação, que não ses sustenta em nenhum processo ou denúncia  anteriormente registrada, a entrevista teve uma série de falas absurdas, como discutir até as famílias dos candidatos ao governo.

Na Assembleia Legislativa, deputados de oposição destacaram na manhã desta quinta-feira (8) as declarações infelizes de Edinho. “Isto mostra o nível baixo da eleição no Maranhão. Acha que vai comprar a eleição. Acha que o Maranhão está em uma prateleira”, afirmou Marcelo Tavares (PSB).
 
Para o pré-candidato  ao Senado Roberto Rocha, a eleição  não deve ser com  baixaria e métodos já condenados pelo povo.  
 
Roberto Rocha
"As seguidas entrevistas de Edinho Lobão revelam de forma lamentável o nível que se dará a disputa entre ele e Flávio Dino. Diferentemente de Edinho, eu e Flávio estamos acostumados, nós mesmos, ao enfrentamento democrático, e sabemos que isso não é um jogo de vale tudo, de vida ou morte. Desde cedo, aprendemos com o exemplo de nossos pais que o caminho para se chegar ao Poder é pelo voto popular, pois todo Poder emana - ou deveria emanar - do povo', disse Roberto,fazendo um apelo  por uma campanha limpa. 
 
"Que ele entenda que até no MMA tem regras, que o candidato não basta ser ficha limpa, que ele próprio precisa ser limpo", disse.

Nenhum comentário: