quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

CASTELO REAPARECE E ADMITE UNIÃO COM FLÁVIO DINO

João Castelo
Depois de passar praticamente todo o ano de 2013 longe dos holofotes, o ex-prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB) reapareceu com força na cena política do estado. Uma semana após as declarações do presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB) elogiando o ex-prefeito e ex-governador, o tucano fez nova aparição pública e falou sobre a possibilidade de aliança, afirmando que está disposto a se aliar com qualquer político em prol do Maranhão. Castelo não quis comentar sobre a administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) evitando polêmica com o atual gestor.

“Posso fazer política com qualquer pessoa. Não sou intransigente. Não sou intolerante. Pelo contrário, eu já tolerei muita coisa na vida e isso faz parte de quem tem espírito público e pensa no bem das pessoas. Para mim é uma honra trabalhar pelo Maranhão”, falou Castelo sobre uma possível aliança com os comunistas.

Questionado sobre os elogios de Flávio Dino a ele, Castelo disse que recebeu com naturalidade as palavras do comunista e também elogiou a atitude de reconhecê-lo enquanto relevante homem público. “Eu tenho impressão que eu mereço [os elogios]. Ele teve muito equilíbrio em dizer o que disse. Partidariamente somos divergentes, por ele ser do PCdoB e eu do PSDB, mas em política você tem que saber conviver com os contrários. Porque é o interesse do povo que deve ficar acima do pessoal”, afirmou.

Castelo afirmou ainda que o PSDB não tem pressa para decidir seu caminho em 2014, mas que o palanque para o presidenciável Aécio Neves está entre as prioridades para a legenda fechar com uma candidatura. “Estamos analisando para no momento oportuno verificar qual é o melhor caminho a tomar pelo partido, encabeçando Aécio Neves para presidência e quais são as melhores propostas para nosso estado. O partido está discutindo o que melhor para os seus membros e ainda não discutimos cargos com ninguém”. (Do Imparcial)

Nenhum comentário: