sábado, 22 de junho de 2013

JOAQUIM BARBOSA FALA SOBRE A POSSIBILIDADE DE VIR A SER CANDIDATO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

"Sou realista, sei que posso ser convocado a ser Presidente da República", afirma Joaquim Barbosa


Joaquim Barbosa. Imagem: rondocristao
Em entrevista a Lázaro Ramos, ao ser questionado sobre a sugestão de seu nome para a candidatura à Presidência da República, Joaquim Barbosa afirmou que, apesar de não ter "vontade" de ser presidente da República, é uma pessoa realista e que  sabe que pode inclusive ser convocado para tal.

Asseverou, em seguida, que entende que, infelizmente, a política no Brasil é feita "com dinheiro, com muito dinheiro. Ou a pessoa tem para jogar nisso ou tem muita gente com dinheiro atrás de si. Eu não tenho nada disso. Não tenho sequer inserção em qualquer movimento social em qualquer partido político, de maneira que isso é uma utopia".


Quanto às bandeiras que teria como presidente, afirmou que iria criar um "capitalismo de verdade", com feições sociais. Criticou o modelo econômico brasileiro: "é cheio de jeitinho. Eu teria um olhar bem preciso sobre essas questões. A questão da educação deveria ser reestruturada, assim como o Estado brasileiro, a cultura de gastos e mais gastos, desperdícios de dinheiro (...) Inclusive tenho apelido de ranzinza". 

Asseverou, também, que é extremamente favorável ao voto distrital, o que evitaria, em grande medida, que se elegessem oportunistas.

13 comentários:

Anônimo disse...

DEUS ME LIVRE , ESSE JOAQUIM FAZ PARTE O FASCISMO, ESCONDEU A VERDADEIRA INVESTIGAÇÕES DO MENTIRÃO, E MANIPULOU O JULGAMENTO QUE NA REALIDADE ERA UMA PERSEGUIÇÃO AO GOVERNO FEDERAL.

Anônimo disse...

não acredito que o JB seja candidato, por enquanto. acho que ele está fazendo outra jogada, e digo mais - é com o PSDB, e outra coisa

Anônimo disse...

Torço para o Barbosa ser candidato, pois ele tem a síndrome do Serra: ele perde. Mas para candidatar-se ele teria que abandonar o STF (definitivamente) e isso seria muito bom.

Anônimo disse...

JB é mais uma das metas erráticas e fantasiosas de uma oposição perdida em campo.

Anônimo disse...

Como todo cidadão indignado por esse julgamento parcial e tendencioso, que envergonha a toda a nação e coloca em dúvidas a credibilidade do STF, tão festejado pelo PIG e seus alinhados, como o maior ato jurídico contra a corrupção no Brasil, agora, com essa informação, perguntamos: então? os ministros responsáveis por esse crime não serão responsabilizados? Qual a opinião do Senado Federal sobre esse desvio de conduta dos ministros? Estaremos esperando posição urgente!

Anônimo disse...

Chama a Polícia!!! JOAQUIM BARBOSA, ANTONIO FERNANDO DE SOUZA E ROBERTO GURGEL ainda podem ser presos em flagrante delito por crimes continuados previstos no Código Penal: -Ocultação documentos publicos -Crime contra a administração da Justiça -Falsidade ideológica -Denunciação caluniosa -Formação de quadrilha Isso dá 30 anos de prisão, multa, perda da função e aposentadoria. Zé Dirceu e Valério: Chamem a Polícia ou procurem a Delegacia mais próxima e registrem BO.

Anônimo disse...

A gravidade dessa revelação põe em dúvida não somente a condição do Ministro Barbosa como relator da AP 470 ou de Presidente do STF, mas sua condição de integrante do STF. Não encontro outra saída que não seja a destituição desse sujeito indecoroso. Impeachment nele!

Anônimo disse...

Os "advogados" da direita que por aqui desfilaram, muito dos quais com formação jurídica, se comportaram como auxiliares da acusação, do suspeitíssimo Procurador Geral da República . Reparem que a preocupação de todos os argumentos ( e não dos , argumentadores, embora nem sempre seja possível operar essa separação, como se se tratasse de uma disputa de MMA em que se senta a porrada no adversário e depois o abraça após a vitória ou derrota na arena) foi a de verificar a compatibilidade do rito legal. Alguns comentaristas atuaram, por sua vez, como auxiliares da defesa. Mais o que importa é saber se comportar como jurado. Para tanto, todos os leigos, como costumam ser os jurados, puderam acompanhar o julgamento atentamente e , ao final, independentemente de subjetivamente entenderem que A ou b poderiam TALVEZ ser culpado, tiveram que se reconhecer EM DÚVIDA, na pior das hipóteses, posto que, para a condenação tanto de José Dirceu, como de José Genuíno, apenas para ficar nesses dois casos mais relevantes politicamente, NÃO FORAM PRODUZIDAS NENHUMA PROVA MATERIAL. Quem usar o argumento de que tais provas foram apresentadas, se converte em um argumentador MENTIROSO E DESONESTO,

Anônimo disse...

Esses fatos são da maior gravidade. Embora, não sendo novidade, já que outras matérias já haviam apontados esses erros. Esse ato de Barbosa juntamente com os ex e atual procuradores da república são provas cabais de um julgamento tendencioso e que deve ser revisto.

Anônimo disse...

Como confiar no STF? Eu estou enojada e se já não acreditava muito na justiça de meu País, agora então estou completamente descrédita dessa justiça, onde vamos parar com essa aberração?

Pegorer disse...

O que me doi é que o povo acreditou nesse senhor.
Recalcado, doente - não da coluna, mas da personalidade - nunca deveria ter sido indicado.
Aliás, não vejo razão para a existência do STF, uma salada inconstitucional de Poderes da República.

Pegorer disse...

SOBRE A PRIMEIRA IMPRESSÃO
D. Pedro II passou com sua comitiva em um manicômio e um paciente conseguiu se aproximar (o imperador o permitiu) e ele disse:
-Majestade, eu não sou louco; minha família é rica e me internaram aqui para me roubarem. (situação ainda existente e praticada aqui).
D. Pedro se sensibilizou, mandou anotar os dados do Babosa e prometeu resolver.
Já fora do manicômio, na cavalaria, o imperador sentiu uma forte pedrada e olhou para trás e viu da sacada o Babosa lhe gritando:
- Por favor, não vá esquecer, imperador.

Rodrigo Coimbra disse...

Se liguem ! A nossa única chance é colocar uma pessoa que tem cabeça e que seja sábia! E temos por enquanto Joaquim Barbosa, que pode revolucionar a Política Brasileira.