quarta-feira, 28 de março de 2012

Valéria reinvindica Delegacia Especial de Proteção à criança e ao Adolescente para Açailandia-MA


Valéria Macedo, com crianças em Porto Franco
“No que se refere especificamente à criança e ao adolescente, em Açailândia bem como em toda a região, cresceu muito a violência junto a eles, uma vez que se trata de um dos municípios maranhenses de maior violência, principalmente  sexual, contra crianças  e adolescentes. Por tudo isso, Açailândia necessita de uma Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente, para que possa diminuir a impunidade dando mais oportunidade de denúncias pelas famílias dos menores e, dessa forma defender e garantir direitos, dignidade, respeito, segurança", diz Valéria.


Na semana passada a deputada estadual Valéria Macedo (PDT) protocolou na mesa da assembleia mais uma indicação no campo das políticas públicas. Solicitou à governadora Roseana Sarney, que adote as medidas legais e administrativas necessárias, com a maior brevidade possível, para a Implantação de uma Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente no Município de Açailândia.


Segundo a proposição da deputada, com mais de 50 bairros, segundo pesquisa recente, Açailândia é o município que mais cresce no Estado do Maranhão e um dos 500 maiores do Brasil (incluindo-se aí as capitais), consolidando-se, ainda, como uma das maiores economias do país. Nesse contexto, os crimes contra crianças e adolescentes também cresceram, no carece urgentemente de ações do Estado no combate e prevenção, ações que garantam direitos constitucionais adquiridos e proteção social.
 
“No que se refere especificamente à criança e ao adolescente, em Açailândia bem como em toda a região, cresceu muito a violência junto a eles, uma vez que se trata de um dos municípios maranhenses de maior violência, principalmente  sexual, contra crianças  e adolescentes. Por tudo isso, Açailândia necessita de uma Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente para que possa diminuir a impunidade dando mais oportunidade de denúncias pelas famílias dos menores e, dessa forma, possa defender e garantir direitos, dignidade, respeito, segurança e uma melhor qualidade de vida para as crianças e adolescente daquela cidade bem como de toda a região”, justificou Valéria.

Para Valéria, no entanto, não basta implantar uma delegacia e não dar as condições de funcionamento. É preciso dotá-la de delegado (a) titular, agentes, viaturas e condições de trabalho para que se possa realizar um trabalho à altura dos desafios de uma delegacia especializada.

“Esperamos não apenas a criação ou instalação formal da delegacia, mas também as condições para que de fato ela funcione, pois essa é uma reclamação que se ouve no que diz respeito as já existentes”, asseverou a deputada informando que espera uma resposta urgente do governo do Estado a implantação de uma delegacia especializada em açailândia beneficiará diretamente uma população estimada em 104.013 habitantes, segundo dados do IBGE, o que torna o pleito de grande importância social.  

Nenhum comentário: