sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Conceição Madeira faz balanço positivo da Saúde de Imperatriz


              “A demanda é grande, os recursos são poucos, mas temos consciência dos avanços alcançados e do cumprimento das metas estabelecidas", diz  a secretária.
Dra. Conceição (de branco ) com o prefeito Madeira e profissionais de Saúde
            “O Hospital Municipal (HM) ainda não chegou ao estágio que almejamos para o município de Imperatriz, mas tanto o hospital adulto, quanto o infantil caminharam em passos largos rumo a sua humanização em 2010”, relatou Conceição Madeira em entrevista à equipe  da Assessoria de Comunicação do município, onde fez um balanço do trabalho desenvolvido à frente da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Hospital municipal de Imperatriz
Dentre as 91 ações de melhorias ali realizadas desde a chegada de Conceição Madeira ao comando da saúde, merecem ser destacados a ampliação da UTI Infantil para dez leitos, a criação de dois leitos de isolamento infantil, a criação de enfermaria climatizada para pacientes fissurados e da sala de espera para acompanhantes de pacientes que estão sendo operados.

Em relação aos exames laboratoriais, o Hospital contabiliza cerca 88 mil exames este ano. O número de refeições também é considerado grande. “Além do paciente o acompanhante também é alimentado. A estimativa é de que tenham sido servidas 573.768 refeições. A média é de 47.814 por mês”, relata.

O Hospital Municipal de Imperatriz continua recebendo diariamente dezenas de pacientes de municípios da região tocantina maranhense, do Bico do Papagaio, no estado do Tocantins e até mesmo do sul e sudeste do Pará. E essa demanda tem aumentado a cada dia.

De acordo com a secretária, nenhum outro hospital público da região realiza tantos procedimentos quanto o ‘Socorrão’. São cerca de  13 mil procedimentos por mês. “Este ano estamos realizando uma média de 16 mil atendimento/mês e esse número deve aumentar. A projeção é de chegarmos ao final de dezembro com 156 mil atendimentos”, prevê.

Além do aumento no número de atendimentos, o Socorrão municipal ganhou nova cara dentro da política de humanização implantada pelo prefeito Sebastião Madeira. Segundo a secretária, as ações que estão sendo implantadas para que o hospital possa atender a grande demanda em função do acolhimento de pacientes de dezenas de municípios desta região vão além da infraestrutura e equipamentos.

A secretária observa que o fator humanização não se limita apenas ao bom relacionamento entre o servidor (médicos, enfermeiros, atendentes) com os pacientes e familiares, “humanização também significa a construção de instalações adequadas que possam prover melhor conforto aos doentes e aos familiares que os acompanham”,
            
          Conceição Madeira lembra ainda que foram instalados no HM um salão de beleza, capela, CIPA, além da climatização do setor de Urologia e enfermarias.
            
            Ao se reportar sobre o hospital infantil, a secretária citou dez leitos de UTIs (Unidade de Tratamento Intensivo) implantados e que já se encontram à disposição da comunidade. Ela lembrou que no hospital adulto já existem mais leitos, o que de certa forma, melhora o atendimento à atual demanda. “É evidente que, por sermos referência regional a demanda sempre vai existir, mas trabalhamos dia e noite para atender a todos os pacientes que aqui chegam”, garantiu.
            
          Ela lembra, ainda, que com a implantação das novas UTIs, as despesas com profissionais especialistas da área aumentaram consideravelmente. Não obstante o aumento da despesa, o repasse do Ministério da Saúde para a Prefeitura continua o mesmo. “O hospital municipal está sobrevivendo graças à habilidade política e administrativa do prefeito Sebastião Madeira”, ressalta, para explicar que essa habilidade, é o bom relacionamento que Madeira mantém com deputados federais e senadores de todos os partidos políticos.

Conceição Madeira lembrou que o sonho do prefeito é construir um hospital dotado de toda uma estrutura de bom atendimento e arremata: “esse sonho vai se realizar brevemente”. 

             Vila Fiquene ganha Unidade Básica de Saúde

Em relação à saúde preventiva e assistencial, a ampliação do Programa Saúde da Família (PSF) que aumentou de 41 para 42 equipes na gestão Madeira, beneficiou a comunidade da Vila Fiquene e bairros adjacentes.

 “A Vila Fiquene dispõe de várias micro áreas que inclui os bairros Parque Airton Senna, Cacauzinho, entre outras”, disse a secretária de Saúde, destacando a importância da instalação do núcleo do PSF, na região. “Havia a necessidade de instalar mais uma equipe do PSF, onde está em pleno funcionamento na Vila Fiquene”, garante.

A secretária ressalta que, visando melhorar o funcionamento do PSF, em Imperatriz, a Semus implementou o programa com a efetivação de assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e farmacêuticos. “Esses profissionais são de fundamental importância na rede pública, pois hoje contamos com essa equipe”, disse.

Ela informa ainda que foram viabilizados para o município cinco equipes que funcionam nas unidades dos bairros Vila Nova, Santa Rita, Nova Imperatriz, Bacuri e Cafeteira. Para ela, a reestruturação da atenção básica tem sido primordial na gestão do prefeito Sebastião Madeira.

         Unidades de saúde da zona rural recebem viatura da Semus

A comunidade do povoado Petrolina e região hoje conta com um veículo que ficará a disposição da população. Essa é a primeira vez que o povoado recebe um carro zero quilometro direcionado exclusivamente à saúde.
Petrolina fica a cerca de 50 quilômetros de Imperatriz e é considerado um dos maiores povoados da região da estrada do arroz. A secretária de saúde Conceição Madeira disse que ‘só assim o município consegue melhorar as condições de saúde da população’.

          Marcação de exames pode ser feita nos Postos de Saúde e melhora atendimento
 
Quanto à marcação de exames, a secretária citou a implantação do Sistema de Regulação (Sisreg), em Imperatriz, sistema on line, criado pelo Governo Federal para o gerenciamento do complexo regulatório indo da rede básica à internação hospitalar, visando a humanização dos serviços, maior controle do fluxo e otimização na utilização dos recursos.

A descentralização facilitou a vida dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que não precisarão se deslocar desses bairros para marcar exames de rotina.

Segundo ela, o reflexo positivo do sistema possibilitou a descentralização do atendimento à comunidade nas unidades de referência da Vila Cafeteira, Vila Lobão, Milton Lopes, Vila Nova, Nova Imperatriz e Santa Rita. “A comunidade pode marcar exames de sangue, fezes e urina, raio x, mamografia e ultrassonografia nesses postos”, disse.

Conceição Madeira adiantou ainda que a ampliação do Sisreg visa beneficiar também os moradores dos bairros Conjunto Vitória, do Parque Anhanguera, Vilinha, e do povoado Lagoa Verde. “Vamos implantar ainda um link na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) e outro no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest)”, acrescentou.

No caso dos exames mais complexos ela informa que para evitar filas, cada procedimento passará a ter um dia fixo na semana para ser marcado. “O usuário vai receber uma senha com o dia e hora marcados para a autorização”, explicou.


          88 agentes de combate de endemias foram efetivados

Atendendo a antiga reivindicação da classe, o Prefeito Sebastião Madeira, assinou em outubro o decreto que regulariza e torna efetivos 88 agentes de combate de endemias em Imperatriz.

A Emenda Constitucional (EC) nº 51/2006 assinada pelo prefeito beneficia os servidores municipais que atuam na prevenção e combate de pragas e doenças endêmicas em Imperatriz, que até então trabalhavam em situação de clandestinidade e instabilidade.

Após quatro anos de reivindicação, o processo de certificação dos contratos de trabalho dos interessados teve início no dia 4 de agosto de 2010, depois que a secretária Municipal de Saúde (Semus), Conceição Madeira, instalou a comissão para averiguar o pleito formulado pelo Sindicato representativo dos agentes de combates as endemias.

A medida fortaleceu o trabalho do setor, que agora conta com 198 agentes efetivos em Imperatriz. “Essa é uma atitude que merece destaque, pois apesar da crise dos municípios, a Prefeitura Municipal efetiva quase 100 agentes para fortalecer o trabalho de combate de endemias na cidade, além da Prefeitura e dos agentes o principal beneficiado é o povo que agora tem um mini exército no combate às doenças endêmicas”, disse a secretária Conceição Madeira, afirmando que essa é uma conquista significativa e resultado de uma luta limpa e justa. “Agora esses servidores saem da clandestinidade e ganham estabilidade no serviço público”, comentou.
  
          Categoria em festa 
         
Emocionado, o secretário geral do Sindicato, membro também da Comissão que avaliou a reivindicação, José Alves de Araújo disse durante a cerimônia que esse momento é muito especial e aproveitou a oportunidade para destacar o compromisso do governo Madeira com os anseios legítimos de uma gama de servidores que, segundo ele, até ontem eram vítima de pura discriminação funcional. “hoje nós fomos vistos pela gestão municipal”.

Segundo ele, a conquista se deve à sensibilidade e determinação da secretária de Saúde, pois caso contrário, essa conquista jamais seria materializada. “temos a satisfação da vitória da categoria resultado de uma luta limpa e justa”, completou.

          Prefeitura investe 600 mil reais ao ano no TFD
             
           Ao se reportar ao Tratamento Fora do Domicilio (TFD), Conceição Madeira destacou que, com poucos recursos e uma demanda excessiva, a atual administração não tem medido esforços para melhorar a cada dia a qualidade da saúde no município.

Quando não é possível o paciente ser tratado em Imperatriz é encaminhado para outros centros por meio do TFD. A secretária observa que, somente com este programa, prefeitura de Imperatriz gasta algo em torno de R$ 600 mil por ano. “São gastos com passagens, ás vezes até aérea, e custeio do paciente e seu acompanhante”, explica.

             Na avaliação da secretária, a saúde de Imperatriz, tanto a pública, quanto à privada, encontra-se bastante avançada, tanto é que a cidade acolhe doentes de várias regiões dos três estados citados que procuram atendimento médico em Imperatriz.  “Entretanto, há casos que os colegas médicos entendem que devem ser encaminhados para outros centros mais avançados na área da saúde”, afirma Conceição.

Esses pacientes, após uma rigorosa avaliação, são integrados ao programa TFD sendo beneficiados com passagens, terrestres ou aéreas, além de uma ajuda de custo até mesmo para seu acompanhante. “Tudo depende da gravidade do paciente e do tratamento a ser realizado”, explica a secretária.

De acordo com a secretária, no período de maio a outubro deste ano, a prefeitura gastou somente com ajuda de custo, a vultosa quantia de R$ 125.355,92.
             
            Os diagnósticos geralmente encaminhados aos TFD são paralisia cerebral, paraplegia, tetraplegia, ortopédicos especiais, mielomeningocele, neoplasia (câncer), cardiopatia, lupus erimatoso sistêmico, estenose de uretra e tricone visical, insuficiência renal, colostomia, entre outros. “A prefeitura tem em seu arquivo à disposição da imprensa e da comunidade, os nomes e endereços de todas as pessoas atendidas pelo programa TFD”, ressalta.
             
            Também foram inseridos no TFD pacientes que tiveram transtornos miotônicos, cervicalgia, angiofibroma juvenil, colédoco – litíase, anemia falciforme, hipotiredoismo congênito, intolerância à lactose, anemia ferropriva, hemofilia B, extensão da placa, até mesmo pacientes que tinham sérios problemas de visão, que foram encaminhados para um grande centro de Oftalmologia, na capital do estado.
             
             Viagra – A secretária fez uma revelação surpreendente sobre até que ponto se estendem as atividades da saúde municipal. Ela informou que, por determinação judicial, independente da origem do paciente, a prefeitura é obrigada a comprar medicamentos especializados, entre estes, até o famoso viagra. Também é obrigada a fornecer,  por ordem da Justiça, fraudas e leite para crianças com intolerância a  lactose, filhas de famílias carentes.
           
              “A demanda é grande, os recursos são poucos, mas temos consciência dos avanços alcançados e do cumprimento das metas estabelecidas pelo prefeito Madeira”, conclui a secretária.

            Milhares de cirurgias eletivas  realizadas

              A Saúde Municipal contabiliza esse ano milhares de procedimentos cirúrgicos.  Os números podem ser acessados no Datasus que informa o número de 1.301.448, procedimentos se forem contabilizado as atividades de todos os postos e unidades de saúde mantidos pela Prefeitura ,  que atendem a  milhares de pacientes do sul do estado, sul do Pará e norte do Tocantins.

“Esse ano foi extremamente difícil para a gestão municipal, pois tivemos eleição e a captação de recursos e projetos acabam sendo suspensos”, relata a secretária de Saúde, Conceição Madeira.
    
    Em virtude de um convênio liberado pelo Ministério da Saúde, a Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Secretaria da Saúde (Semus) aumentará em 2011 o número de cirurgias eletivas realizadas no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), o Socorrão.

A secretária assinala que o incremento de recursos do governo federal, será de vital importância para reduzir a grande demanda por cirurgias eletivas no hospital Socorrão.

Segundo ela, os avanços conquistados na área da saúde nestes dois anos da gestão do prefeito Madeira estão disponíveis no banco de dados do Ministério da Saúde. “Qualquer cidadão poderá consultar o portal do Ministério da Saúde e verificar os avanços da saúde de Imperatriz”, finaliza.

Cesare Battisti deve sair da prisão "imediatamente"

O ministro do Supremo Federal Marco Aurélio Mello afirmou nesta sexta-feira que Cesare Battisti deve sair da prisão "imediatamente", após a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de negar a extradição do italiano.

 — A prisão de Battisti foi implementada pelo Supremo para viabilizar a extradição, após a da corte, que foi simplesmente declaratória, de validar o pedido de extradição do governo italiano. A partir do momento em que essa extradição foi revogada, não há mais motivo para que ele permaneça preso — disse o ministro. (Zero Hora)

'Le Monde' lista os desafios de Dilma e afirma que ela assume o país numa situação muito melhor que Lula

O prestigioso jornal francês Le Monde dedica em sua edição desta sexta-feira um grande destaque à sucessão presidencial no Brasil, com a posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, marcada para o sábado.

Em um editorial que ocupa cerca de um terço de sua primeira página, o Monde afirma que ela assume com o país numa situação muito melhor do que a que o atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, encontrou ao ser eleito em 2002.

Mas o jornal adverte que Lula deixa o cargo com muitos trabalhos inacabados, deixando vários desafios para sua sucessora, listados pelo editorial.

“A educação continua pobre e desigual. O sistema de saúde funciona em duas velocidades. Violência e insegurança corrompem as metrópoles. A corrupção e o nepotismo na vida pública corroem um país no qual a política é muitas vezes vista apenas como um meio de se enriquecer. A infraestrutura precisa ser desenvolvida rapidamente para enfrentar o desafio especial da Copa do Mundo de 2014 e da Olimpíada de 2016”, lista o jornal.
Para o diário, “Lula deixa para a nova presidente um país ouvido e respeitado na arena internacional”, mas que também é alvo de algumas críticas, como em sua relação com o Irã.

Apesar disso, observa o editorial, Dilma já começou a expressar suas diferenças com comentários sobre sua preocupação com os direitos humanos, principalmente das mulheres, no Irã e em outros países.
O jornal comenta que Dilma deve seu “destino glorioso” ao mentor Lula, do qual não tem nem o carisma nem o dom da oratória.

O editorial conclui afirmando que ela deve se esforçar para não decepcionar os quatro em cada cinco brasileiros que, segundo as pesquisas, acreditam que ela fará um governo tão bom ou melhor do que o de Lula.      
 
(BBC Brasil)

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

DEM têm hegemonia política no primeiro escalão do governo Roseana

Roseana Sarney dá duas secretarias para o PT e quatro para o DEM

Do JP Online

Depois do enlace forçado para a campanha eleitoral, o PT pode estar diante da primeira 'crise' no seu matrimônio com o PMDB. Na formação do secretariado para o quarto governo de Roseana Sarney (PMDB), anunciado na manhã desta quarta-feira (29), o PT - partido do presidente Lula e da presidente eleita Dilma Rousseff - teve seu espaço reduzido na administração estadual. Num gesto títpico de recaída pelo DEM, seu antigo partido, Roseana destinou ao principal adversário do PT a hegemonia política do primeiro escalão do governo.

Antes detentor da Secretaria de Educação, uma das principais pastas do governo, o PT do vice-governador eleito Washington Luiz manteve apenas a modesta Secretaria de Economia Solidária, onde foi mantido no cargo José Antônio Heluy (PT) -- filho da deputada estdual Helena Heluy.

Além de perder a Educação, um dos maiores orçamentos do estado, que ficou com a ex-secretária particular de Roseana, Olga Simão, o partido também foi afastado da Secretaria de Desenvolvimento Social. Para esta foi indicado o deputado estadual do DEM, Chico Gomes.

Como 'compensação', o PT recebeu a Secretaria de Assuntos Institucionais. Na prática, a pasta servirá apenas para abrigar o líder da corrente minoritária petista Rodrigo Comerciário e alguns poucos auxiliares.

Se o PT encolheu no governo Roseana Sarney o DEM ganhou musculatura. Aos demistas foram reservadas outras áreas estratégicas do governo: Casa Civil, Secretaria de Infraestrutura e Minas e Energia. Os titulares serão Luís Fernando Silva, Max Barros e Ricardo Guterres, respectivamente. O primeiro com status de primeiro ministro e virtual candidato ao governo em 2014.

As quatro secretarias destinadas ao DEM serão responsáveis por comandar os principais projetos previstos para o estado nos próximos anos, como a refinaria, obras do PAC, ações sociais e de infraestrutura. Quanto ao PT só o tempo dirá se o partido vai conseguir superar sua primeira 'crise' com a nova parceira política.

Leia mais sobre o novo governo de Roseana:
http://ruiporao.blogspot.com/2010/12/regiao-tocantina-mais-uma-vez-esquecida.html http://samukaitz.blogspot.com/2010/12/secretariado-do-estado-regiao-tocantina.html

Meio Ambiente: Relatório do MP verifica realidade sobre gerenciamento de resíduos sólidos no Maranhão

Lixão de Imperatriz, foto: Jairo Alves
O promotor de Justiça Luís Fernando Cabral Barreto Junior, titular da 3ª Promotoria de Justiça Especializada em Meio Ambiente e Coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caop-Uma), elaborou relatório sobre o gerenciamento de resíduos sólidos no estado do Maranhão. O documento será entregue oficialmente na próxima semana para a procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro.

Segundo o coordenador do Caop do Meio Ambiente, grande parte dos dados levantados já foram repassados aos promotores de Justiça dos municípios participantes, que inclusive já providenciaram algumas ações.

O trabalho, que durou cerca de oito meses, contou com a participação de 127 prefeituras, o que representa 58% dos municípios maranhenses. Um detalhado questionário com perguntas sobre a realidade do setor em cada cidade foi aplicado. Foram respondidas questões sobre a destinação final dos resíduos sólidos nos municípios, tipos de veículos coletores, características das unidades de disposição final dos resíduos sólidos, tipo de tratamento usado para o chorume, varrição, capina e roçada de vias e logradouros públicos.

De acordo com o levantamento, ficou constatado que, dos 127 municípios, 115 operam diretamente a coleta e destinação de resíduos, ou seja, 90% do total. “Esse trabalho poderia ser todo objeto de terceirização para empresas que atendessem mais de um município, através de consórcios municipais”, sugere o promotor de Justiça.

Foi verificado ainda que os resíduos de saúde e de construção civil são coletados pelos municípios, quando deveriam ser pelos próprios geradores. “Isso consome em média 40% do custo de coleta de lixo e inibe um mercado de trabalho para que empresas especializadas sejam contratadas pelos hospitais e construtoras. Se todo esse resíduo fosse coletado pelos responsáveis, os municípios economizariam em torno de 35 a 40% do que gastam com coleta de lixo”, comenta Fernando Barreto.

O levantamento constatou também que 66% dos municípios maranhenses não dispõem dos serviços de coleta seletiva de lixo ou de unidades de processamento ou tratamento dos resíduos sólidos urbanos.

Nesse aspecto Barreto vislumbra um potencial gerador de trabalho e renda, com a criação de cooperativas de catadores de lixo em todo o Maranhão. “Imagine o quanto se reduziria de custo na coleta, a redução da poluição ambiental e a geração de trabalho e renda com a reciclagem, que absorve a população menos alfabetizada”, propõe.  (CCOM-MPMA)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Exploração sexual, dívidas e escravidão em boate

Foto ilustrativa
Jovens recebiam "salário" em fichas que eram trocadas por produtos superfaturados na venda do próprio estabelecimento. Endividadas, vítimas só conseguiam sair do local mediante pagamento. 

Mulheres sexualmente exploradas e impedidas de sair de uma boate - a não ser mediante pagamento - foram libertadas. Além das 20 jovens do sexo feminino, quatro homens também foram encontrados em situação degradante e submetidos a jornadas exaustivas, itens que caracterizam o trabalho análogo à escravidão (segundo o art. 149 do Código Penal).

Leiam mais no site do Repórter Brasil.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Você já entendeu como será o "novo" governo do Brasil?

Retorno de viagem e alguns dias sem olhar as mensagens abro o email: entre tantas encontro esta, engraçadíssima, enviada pelo amigo André Morato e que está rolando ai pela net... 


ENTENDA O NOVO GOVERNO DO BRASIL


                           Navegando há vários meses sem que os marujos tomassem banho ou trocassem de roupas, o que não era novidade na Marinha Mercante britânica, o navio fedia.
 
O Capitão chama seu Imediato:

- Mr. Simpson, o navio fede. Mande os homens trocarem de roupa!

- Yes, Sir!

Simpson reune seus homens e diz:

- Sailors, o Capitão está se queixando do fedor a bordo e manda todos trocarem de roupa.
David troque a camisa com John.

John troque a sua com Peter.

Peter troque a sua com Alfred.

Alfred troque a sua com Fred...

E assim prosseguiu. Quando todos tinham feito as devidas trocas, ele retorna ao Capitao e diz:

- Sir, todos ja trocaram de roupa.

O Capitão, visivelmente aliviado, manda prosseguir a viagem.

Você acaba de entender exatamente o que será o Brasil no próximo governo.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Natal, cio do tempo: hora de plantar as sementes da nossa mais alta esperança...


"Se o tempo não é tempo de colher,
Bem pode ser tempo de semear...

Uma é a alegria de ver nascer,
Mas igualmente belo é o prazer de engravidar...

Natal, cio do tempo:
Hora de plantar as sementes
Da nossa mais alta esperança...

Até mesmo as virgens dão a luz".

Com esse pequeno, porém significativo texto de Rubem Alves, desejo aos leitores e amigos um Feliz Natal!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Natal na Chapada das Mesas

Estou em Carolina-MA, perambulando pela Chapada das Mesas, onde vim passar o Natal e revigorar as energias... Breve estarei de volta à Imperatriz!

Deixo nesse breve recesso para apreciação dos leitores,  magníficas fotos dessa belíssima região do nosso majestoso Maranhão.

Caso alguém queira capturar, por favor se fizer um post, um quadro ou publicar, tenha a gentileza de dar o crédito a este jornalista.

Um grande abraço a todos e todas que visitam este espaço.. Boas Festas, Feliz Ano Novo!






 



quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Madeira reúne lideranças comunitárias e garante muitas obras para Imperatriz


Além de mais melhorias para o centro da cidade "em 2011 será a vez dos bairros", garante Madeira

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, reuniu na noite de ontem, terça-feira,21/12, em sua residencia, cerca de trezentas lideranças comunitárias, para um jantar de confraternização  e ao mesmo tempo  fez um balanço de sua administração nesses quase dois anos de mandato discorrendo também das perspectivas para a cidade em 2011, quando segundo Madeira o munciípio será transformado num verdadeiro canteiro de obras, apesar das imensas dificuldades financeiras que tem encontrado.

Bastante à vontade, o prefeito falou do grande momento de desenvolvimento econômico que Imperatriz está vivendo, garantindo que a cidade pode ter certeza que tem um prefeito presente que fará de tudo para cumprir com suas obrigações. 

"Mesmo com as dificuldades enontradas agradeço a Deus pela oportunidade de governar Imperatrz e vocês podem ter certeza que continuarão tendo um prefeito que está presente 24 horas, preocupado em trabalhar pela nossa cidade e eu acredito que faremos muito até o final de nosso mandato", garantiu Madeira, anunciando que ano que vem a cidade finalmente terá o aporte de muitos recursos, graças a parcerias que estão sendo firmadas com os governos federal e estadual e ainda a consequente melhoria na arrecadação muncipal.
 
"Vamos asfaltar ruas fazer melhoramentos em outras nos bairros periféricos, reconstruir o Fiqueninho e transformá-lo numa grande praça para várias modalidades de esportes, construir uma grande escola no Conjunto Planalto e revitalizar a Beira-Rio, nosso grande cartão postal", disse Madeira. 

Segundo Madeira a Prefeitura de Imperatriz, em parceria com o governo federal, investirá recursos na ordem R$ 6 milhões de reais na revitalização do riacho Bacuri. Os recursos são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ele assinala a importância da obra que resultará em benefícios sociais e a melhoria da qualidade de vida dos moradores da região do grande Bacuri. “Essa obra era um antigo sonho, mas que se tornará realidade”, assegurou.

Madeira explicou que os recursos a serem aplicados chegam a R$ 20 milhões de reais, sendo que R$ 14 milhões serão destinados a obras de esgotamento e drenagens de ruas nos bairros da Caema, Vila Leandra, Parque do Buriti e Porto da Balsa.

O prefeito detalhou ainda que o projeto original (PAC-Bacuri) previa a retirada dos moradores ––30 metros de distância do riacho–– para a execução das obras de canalização do riacho Bacuri. O projeto foi readequado e o riacho será revitalizado, melhorando a qualidade de vida dos moradores do grande Bacuri.

 
PAC Vila Nova

O prefeito Sebastião Madeira também anunciou que será iniciado no próximo ano o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na região da grande Vila Nova. O governo federal, com a contrapartida da Prefeitura de Imperatriz, investirá R$ 56 milhões de reais em obras de saneamento e drenagem.

“O conjunto de obras contemplará milhares de moradores dos bairros Parque Santa Lúcia, Vila Fiquene, Parque Airton Senna, Parque Sanharol, Vila Palmares e Vila Nova”, garantiu ele.

Madeira contou que serão  executadas obras de esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação asfáltica e casas populares aos moradores que tenham terreno legalizado na área da grande Vila Nova. “Vamos fazer asfalto e drenagem de qualidade”, disse.

O prefeito lembrou que o PAC Vila Nova, aprovado recentemente, deverá ser liberado ainda no segundo semestre do próximo ano. “Vamos aguardar a assinatura do convênio com o governo federal”, conta. 
Mensagem  foi bem recebida

Algumas lideranças fizeram questionamentos sobre seus bairros, sendo que a todos o prefeito respondeu com tranquilidade, sempre ao final aplaudido com entusiasmo, o que demonstra a grande liderança e o respeito que Madeira desperta por parte da população de Imperatriz, que mesmo muitas vezes reclamando melhorias reconhece o esforço do executivo muncipal e ainda acredita que até o final de seu mandato conseguirá cumprir com a maioria dos compromissos assumidos em sua campanha.

Jackson Lago luta contra um câncer de próstata

O Imparcial Online

O ex-governador Jackson Lago (PDT) está desde o começo deste mês internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, por conta de complicações em um câncer de próstata. Ele chegou a ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital na última sexta-feira (19), depois foi para a semi-UTI. Anteontem, já apresentando quadro clínico bem melhor, o pedetista foi removido para um apartamento da casa de saúde. A mulher, Clay Lago, e os filhos de Jackson o acompanham na capital paulista.

Segundo uma fonte ligada ao ex-governador disse a O IMPARCIAL, Jackson começou a entrar em depressão após o processo eleitoral deste ano (o pedetista foi candidato ao governo do estado e acabou ficando em terceiro lugar na eleição, com 569.412 votos). Ao final do pleito, Jackson teria começado a se alimentar mal, o que poderia ter complicado o problema do câncer. Segundo a fonte, não procede o rumor de que o ex-governador tenha contraído uma pneumonia. No período de pré-campanha, no mês de março, Jackson declarou que tinha câncer de próstata e que após a eleição voltaria para um tratamento de quimioterapia.

Já completamente lúcido, na manhã de ontem, Jackson se alimentou, tomou banho e conversou com os familiares. A previsão é que o ex-governador tenha alta até o final desta semana. Um boletim mais detalhado deve ser divulgado hoje.

Com o estado fragilizado de saúde de Jackson Lago, que apesar da melhora deve ficar em estado de observação e se afastar cada vez mais das atividades políticas, o PDT, que tem no ex-governador sua maior sustentação, tenta começar uma nova era. O partido está de recesso, e a partir de janeiro do ano que vem, deve retomar às reuniões e definir novas estratégias.

Novos rumos

Segundo o secretário-geral do Diretório Estadual do PDT, Cândido Lima, o próprio Jackson Lago, que sempre tomava as decisões, deixou nas mãos do partido os novos rumos da legenda e não indicou nenhum nome para comandar a “nova era” do PDT. Cândido admite que existem divergências dentro do partido, mas disse que a partir de agora, o PDT deve se reorganizar e a conciliação é o caminho para sobreviver politicamente. “Precisamos agora formar um grupo para tomar as decisões. Aglutinando todas as tendências. As decisões serão coletivas para chegarmos a um acordo. Para sobrevivermos após este processo eleitoral, temos que nos unir, ou ficaremos nanicos”, disse.

Deputado que será ministro do Turismo pagou motel com dinheiro da Câmara

O peemedebista Pedro Novais (MA), que integrará o governo Dilma, gastou R$ 2.156,00 no Motel Caribe, em São Luís; a nota fiscal foi anexada à prestação de contas de junho para justificar o uso de verbas destinadas à atividade parlamentar. 

Leia mais no Estadão.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"LUGAR DE CRIANÇA É NA ESCOLA"! Prefeitura, Ministério Público e Judiciário se unem pela retirada de crianças do lixão de Imperatriz


O problema é antigo e vem se arrastando por várias administrações do município,  porém desde o governo Jomar Fernandes que as autoridades e entidades de apoio à criança e ao adolescente tentam por fim ao problema. Medidas são tomadas,  mas algum tempo depois tudo volta a ser como antes e crianças são encontradas vivendo ou trabalhando no segundo  maior local de descarte de lixo à céu aberto do Maranhão.
Lixão de Imperatriz, foto: Jairo Alves

Parece no entanto que agora o problema está sendo encarado de frente e medidas serão tomadas pra valer: membros do Poder Executivo municipal, do Judiciário e do Ministério Público Estadual (MPE) , Empresa Limp Forte, Cáritas e outras entidades, estiveram reunidos na manhã de ontem, segunda-feira,20/12, para tratar da retirada definitiva de crianças da área do lixão em Imperatriz. 

Todos entendem que as crianças não podem continuar sendo submetidas a um trabalho considerado insalubre, à margem das leis e sujeitas a violações, quando deveriam  estar  na escola sendo preparandas para um futuro melhor.

O prefeito Sebastião Madeira, esteve presente na reunião e fez questão de afirmar que, na qualidade de chefe do executivo municipal, vai se empenhar no sentido de erradicar mais essa mazela que angustia e envergonha nossa cidade.

Secretária Míriam (Sedes) e integrantes da Cáritas, visitam Lixão
A titular da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Sedes, Miriam Reis, afirmou que existe um procedimento da Secretaria objetivando eliminar esse problema. Ela lembrou que o órgão está pressionando os pais que levam seus filhos para o lixão, mas ao mesmo tempo oferecendo condições para que estes mudem de postura em relação a seus filhos, ou até mesmo deixem o lixão.

Miriam Reis afirmou que inclusive a prefeitura alugou casas para catadores do lixão, cobrando destes o compromisso de não levar seus filhos para seu local de trabalho. “Para tanto, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com os pais, mas eles não estão respeitando esse compromisso”, disse a secretária.
           
A secretária afirmou que além dessas medidas já tomadas, a prefeitura vai desenvolver uma campanha publicitária no sentido de conscientizar tanto os pais que trabalham e levam suas crianças para o lixão, quanto os demais, no sentido de alertá-los que “lugar de criança é na escola, e não no trabalho, como muitos querem”, lembra a secretária.

Questionada pelo fato de muitas vezes transportarem catadores e crianças até o llixão,  a gerente local da empresa Limp Fort, concessionária do serviço de limpeza pública do município, Tatiana Brito, por sua vez, revelou que os motoristas da empresa são ameaçados se por acaso negam a dar carona para os trabalhadores do lixão. “Todos eles são orientados a não transportarem pessoas, sejam adultas ou crianças, no entanto, eles se sentem ameaçados”, disse Tatiana, acrescentando que esse problema só vai acabar quando definitivamente for implantada a coleta seletiva do lixo ou com a construção de um aterro sanitário.

Para o juiz da Infância e da Adolescência, Delvan Tavares e o promotor João Marcelo, a saída imediata será o corte do transporte dos adultos e crianças que se dirigem cotidianamente para o lixão. “A partir do momento que eles não tiverem um meio de transporte certamente não terão como chegar àquele local insalubre e sem condições dignas de trabalho tanto para as crianças, quanto para os adultos”, conclui Delvan Tavares.

Ao final da reunião foi selado um pacto para uma ação conjunta da Prefeitura, através da Sedes, Poder Judiciário, Ministério Público e entidades como os conselhos Tutelares e o da Criança e do Adolescente. Além de oferecer outras condições de sobrevivência e moradia para os pais das crianças, também haverá uma fiscalização, com aplicação da lei, para os pais  infratores que insistirem em continuar submetendo seus filhos a trabalharem ou viverem no  lixão de Imperatriz.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Sarney: imperador do Amapá, carrasco político dos Capiberibe

Tribuna da Imprensa, Helio Fernandes

Há mais de 40 anos escrevo sobre esse então pequeno Território, a maior concentração de manganês, não só do Brasil como do mundo. Uma riqueza formidável que dissipamos, doamos, entregamos aos ladrões do mundo. Confirmando o ditado tradicional: “Ladrão que rouba ladrão, tem 100 anos de perdão”.

Sarney chegou lá, o Território se transformou em Estado, os herdeiros assumiram com os “desbravadores enriquecidos” ainda vivos. Esse Amapá virou Monarquia, tendo como Imperador o ex-“presidente” quase ditador, José Sarney.

Verdade seja dita, ele chegou lá nos anos 90, o Maranhão já era pouco para ele e a dinastia dos filhos. Por sugestão do antigo dono do Território, foi para lá e não sairá mais.
Além de não sair, não deixa prosperar os que podem salvar o antigo e permanente covil de enriquecimento ilícito, com o manganês e o domínio da política.

O ex-presidente não se incomodou, junto com Renan, então presidente do Senado, expulsou (a palavra é essa) da tribuna o senador João Capiberibe, e cassou também sua mulher, deputada federal Janete.
O espetáculo foi lamentável, deplorável, humilhante. Na mesma hora Renan empossou o derrotado, Gilvan Borges, uma figura folclórica, que andava no Congresso usando terno e sandália franciscana, para chamar atenção.

Nova eleição agora, 2010, Capiberibe e a mulher se elegem para os mesmos cargos, são cassados novamente, Sarney-Ringo, “não perdoa, mata”. Novamente Gilvan Borges, derrotado, vai assumir, se o recurso dos Capiberibes for recusado.

Na primeira vez, numa vasta votação, foi acusado, textualmente: “Comprou três votos, pagou 26 reais por cada um”. Parece inacreditável, mas é a República de Sarney, que está próxima do fim. O novo governador do Amapá, Camilo Capiberibe, é filho de João e Janete. E Sarney não conseguiu nem conseguirá cassá-lo.

CPI da Pedofilia no MA : Entrega de relatório é antecipada para hoje, 20/12

A entrega do “Relatório Final da CPI Estadual ‘da Pedofilia’ ”, de 2009/2010,  como se tornou conhecida no Maranhão, foi  marcada inicialmente  para o dia 22/12, à tarde, mas  antecipada para a tarde desta segunda-feira, 20/12, 1500 horas, no Plenarinho da Assembléia Legislativa,conforme comunicado da assessoria da Deputada Eliziane Gama, que presidiu a “CPI” .
De acordo com o comunicado, o “Relatório da CPI” será entregue ao Ministério Público Estadual.

Construção do Imperial Shopping aquece ainda mais setor imobiliário de Imperatriz


“Nem um fator de valorização imobiliária seria melhor que a vinda do Imperial, não só para o bairro, como para toda a cidade. O bairro onde se instala um shopping center a tendência é de alta valorização”. A declaração é do empresário do setor imobiliário, Ademar Mariano.

O Imperial Shopping já está em fase de construção e será localizado na BR0-10, em Imperatriz, cerca de 600 km de São Luis. As obras estão em ritmo acelerado. A previsão de inauguração é para 2012.

Adhemar
De acordo com Adhemar, o empreendimento já provocou uma valorização considerável no valor dos imóveis na região. “Antes do anúncio do shopping, um terreno com custo em volta de 20 mil reais, hoje pode atingir 70 mil reais”.
Os moradores no Jardim São Luis, Mercadinho e Vila Nova já perceberam a diferença após o inicio da construção do Imperial Shopping. “As ruas estão sendo asfaltadas e as vias organizadas, agora muitas já passam a ser mão única. Com isso já há um fluxo maior de veículos”, disse Luciano Sousa, morador do Jardim São Luis. A melhoria na infraestrutura é mais um benefício proporcionado pelo centro de compras.

Foto: Janaína Amorim




"Um empreendimento como o Imperial vai melhorar o paisagismo e a urbanização da cidade”, disse o secretário de desenvolvimento urbano e meio ambiente de Imperatriz, Enéas Nunes Rocha. Ele acredita que a vinda do centro de compras vai mudar a realidade em torno de sua localização. “O investimento público, como a abertura e drenagem de ruas para facilitar o acesso das pessoas, já está sendo feito”, acrescenta o secretário. 

O Imperial terá um espaço aproximado de 750 metros, vai contar com um estacionamento com 550 vagas cobertas, ambiente climatizado, cinco salas de cinema e grandes redes na praça de alimentação.
(Janaina Amorim - Assessoria de Imprensa)