segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

BOLETIM DE OCORRÊNCIA, PARA QUE SERVE MESMO?

Sílvia Tereza
Numa interessante matéria, a jornalista Sílvia Tereza, traz ao debate um fato que coloca em xeque a qualidade do trabalho policial no Maranhão, quando as pessoas muitas vezes perdem horas e até um dia para registrar ocorrências policiais na esperança de ver resolvida determinada queixa, mas que geralmente não obtém  respostas. 

Antes de passar á matéria da colega, acrescento que aqui em Imperatriz é pior ainda, as vezes nem ocorrência é possível se fazer. A pessoa que busca esse serviço recebe a resposta que "o sistema está fora do ar".

Efetividade do BO precisa ser repensada pelo Sistema de Segurança

Grande parte da população já registrou Boletim de Ocorrência e nunca obteve sequer um retorno

Afinal de contas, para o  que serve mesmo o Boletim de Ocorrência (BO)? No final de dezembro do ano passado, moradores do Condomínio Itália, na Cohama, registraram queixa contra a construtora Dimensão por conta de uma obra que lhes causaram danos materiais. Na época, a Polícia informou que um delegado iria comparecer ao local para ver de perto o problema, tomar providências, mas isso nunca aconteceu. Perda de tempo!

O documento produzido pela Polícia Civil contém informações, a partir de um acontecimento, que podem ser utilizadas para a elaboração de um inquérito policial ou um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), que são encaminhados para a Justiça. No entanto, grande parte da população já registrou um BO e nunca obteve retorno do que aconteceu. Na verdade, acaba se perdendo entre milhares de ocorrências sem qualquer direcionamento ou providência. Leia mais no Blog da Sílvia Tereza.

Nenhum comentário: